A Rede Nacional do Artesanato Cultural Brasileiro é uma iniciativa da Artesol, organização sem fins lucrativos brasileira, fundada em 1998 pela antropóloga Ruth Cardoso. Seu objetivo principal é promover a salvaguarda do artesanato de tradição cultural no Brasil. Por meio de diversas iniciativas, a Artesol apoia artesãos em todo o país, revitaliza técnicas tradicionais, oferece capacitação, promove o comércio justo e dissemina conhecimento sobre o setor.

Nena de Capela – Maria Eroneide Laurentino


Nena conta que sonha em modelar no barro, em uma única peça, a história de sua vida, marcada por muitos acontecimentos de superação.

Mostrar contatos

AbrirFechar

Os contatos devem ser feitos preferencialmente via Whatsapp.

Capela – AL

Sobre as criações

O boi vazado é a peça que tornou seu trabalho mais conhecido sendo, assim, a mais procurada. Nena, porém, não se detém no boi. Ela imprime no barro as brincadeiras de criança que permeiam o cotidiano e o imaginário da infância alagoana, como o quebra-pote, o pau de sebo, a ciranda, a amarelinha, entre outras.

Retira do terreno onde se encontra a oficina do mestre João das Alagoas o barro que utiliza em seu trabalho. Ali, junto com outros onze ceramistas, Nena cria, trabalha e vende suas peças.

Crédito da foto: Raquel Lara Rezende

Sobre quem cria

Maria Eroneide Laurentino, conhecida como Nena, nasceu no povoado João de Deus, em Capela, Alagoas. Neta de paneleira, Nena começou a se interessar pela cerâmica com seu primo, o mestre João das Alagoas. Em 2005, aos 29 anos, começou a modelar pequenos bois, entre outros animais. A medida em que ganhava mais experiência, foi incentivada pelo primo a criar peças diferentes. 

Assim, com o tempo, foi nascendo o “boi vazado”: um boi oco que traz dentro de si cenas do cotidiano nordestino, como feiras, festas de baião, retirantes, entre outras. Nena conta que sonha em modelar no barro, em uma única peça, a história de sua vida, marcada por muitos acontecimentos de superação. O artesanato lhe abriu novas perspectivas de vida, não apenas financeiramente, como também de bem-estar, ao lhe permitir criar.

Crédito da foto: Raquel Lara Rezende

Sobre o território

A cidade de Capela, conhecida como “Princesa do Vale do Paraíba”, também chamada de “Terra dos Canaviais”, é banhada pelo Rio Paraíba. A produção de cana-de-açúcar, a pecuária e o artesanato são as principais atividades econômicas da cidade. 

O Rio Paraíba é um dos cursos d’água mais importante do Estado, cortando vários municípios da Zona da Mata em seu percurso. O tipo de vegetação que caracteriza o município de Capela é o da Mata Atlântica, situada na porção Leste do Estado. 

Membros relacionados